adUnit

Diogo Silva leva golpe a 1s do fim e perde disputa pelo bronze

Allan Farina Direto de Londres Quarto colocado em Atenas 2004 e um dos principais atletas do Brasil no taekwondo, Diogo Silva teve nesta quinta-feira uma nova oportunidade para disputar uma medalha olímpica, já que em Pequim, há quatro anos, o atleta não esteve com a delegação do País. Mesmo assim, o brasileiro não conseguiu faturar sua condecoração, foi derrotado pelo americano Terrence Jennings por 8 a 5 ao sofrer um golpe a 1s do fim e deu adeus ao bronze, que ...

9 de agosto de 2012 | 17h34 | atualizado às 18h12

Allan Farina Direto de Londres

Quarto colocado em Atenas 2004 e um dos principais atletas do Brasil no taekwondo, Diogo Silva teve nesta quinta-feira uma nova oportunidade para disputar uma medalha olímpica, já que em Pequim, há quatro anos, o atleta não esteve com a delegação do País. Mesmo assim, o brasileiro não conseguiu faturar sua condecoração, foi derrotado pelo americano Terrence Jennings por 8 a 5 ao sofrer um golpe a 1s do fim e deu adeus ao bronze, que ficou com o rival, pelos Jogos de Londres.

» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Veja mapa e conheça tudo sobre o Parque Olímpico de Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

No combate, Diogo voltou a sofrer com o excesso de punições. Sofreu uma no primeiro round e outra no segundo. Golpe certo do brasileiro até o fim da parcial do meio foi apenas um: um chute de dois pontos, enquanto o oponente acertou um que lhe rendeu quatro pontos, a máxima pontuação do esporte.

Com dores no pé por lesão sofrida na luta anterior, Diogo não conseguia estipular seu estilo de jogo e era facilmente dominado pelo rival. O brasileiro, contudo, demonstrou sua raça habitual e brigou até o fim, mesmo com as nítidas limitações físicas impostas pelo machucado.

Mas, a exemplo do que ocorreu na etapa semifinal, Diogo Silva deu a volta por cima nos segundos finais e arrancou um heroico empate, com dois chutes e uma punição ao rival. Entretanto, no último segundo o americano acertou um golpe que acabou computado pelos árbitros após o fim do combate, encerrado em 8 a 5 para o rival.

Em sua trajetória até a disputa pelo bronze, Diogo Silva começou com um difícil duelo contra Kim Dmitriy, do Uzbequistão, vencido com dificuldades por 3 a 2. Classificado com o triunfo, o brasileiro encarou na sequência Mohammad Abulibdeh, e de novo conseguiu o triunfo apertado: 7 a 5.

Já na semifinal após duas vitórias consecutivas, Diogo Silva teve pela frente o encardido iraniano Mohammad Bagheri Motamed, um dos melhores do mundo na modalidade. Exausto, o brasileiro foi dominado durante todo o combate e via a derrota de perto, quando acertou um lindo chute na cabeça do adversário.

No momento do golpe, Diogo sucumbia por 5 a 1 quando restavam apenas seis segundos de luta. O chute lhe rendeu quatro pontos a mais na contagem, que obrigaram a disputa de um golden score. Mas, com o pé machucado devido a um choque ainda no primeiro round, Diogo não conseguiu atacar e perdeu por decisão dos juízes.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos, vídeos, , fotos participação do internauta e repercussão no Facebook. Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

por: Terra
adUnit PUBLICIDADE
adUnit
  © 2017 Terra Networks S.A Versão clássica