adUnit

Líder de circo: "na hora pensei que poderiam estar mortas"

Líder do circo Ringling Bros. relatou a jornal local que "nunca rezou e chorou tanto"

8 de maio de 2014 | 08h28 | atualizado às 16h19

O líder do circo Ringling Bros., Johnathan Lee Iverson disse ao Providence Journal que "seu coração saiu pela boca" quando viu a queda das artistas. Iverson estava presente no momento do acidente que deixou artistas gravemente feridos após estrutura do número "Hang-Hair" cair com oito bailarinas, no último domingo.

Segundo Iverson, no instante do acidente, ele pensou que alguém poderia estar morto. "Todos os elementos para a morte estavam ali. Não havia escape. Elas foram literalmente prensadas no chão pela estrutura pesada que as mantinha suspensas no ar. Alguém poderia estar morto e eu assumi aquilo. Meu coração se partiu", disse.

O líder ainda contou que, quando soube que todos estavam vivos (inclusive o artista que estava no chão, abaixo da estrutura metálica), respirou aliviado. "Nunca rezei e chorei com tanta força", revelou.

Médicos conversaram com jornalistas na manhã desta quarta-feira e detalharam o estado de saúde das acrobatas. De acordo com o último boletim do Rhode Island Hospital, sete delas continuam internadas, sendo três em  estado grave - entre elas, as brasileiras Stefany Neves e Dayana Costa -, uma em estado razoável, e outras três em boas condições, entre as quais a brasileira Widny Neves.

Iverson tem publicado várias mensagens em sua página pessoal no Facebook sobre o caso e seus desejos para as artistas feridas.

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "//connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk')); Publicação by Johnathan Lee Iverson - The Ringmaster .
por: Terra
adUnit PUBLICIDADE
adUnit
  © 2018 Terra Networks S.A Versão clássica